3 de jul de 2014

Penteados em alta

Será que eu ainda sei escrever em um blog? Sim, minha última postagem foi em novembro de 2013 e sim eu devo mil desculpas. Mas, eu tenho algumas cartas na manga plausíveis que justificam minha eterna ausência. Como eu não quero ficar falando da minha vida ultra mega blaster corrida (porque, acreditem, vida de vestibulanda é um inferno!), eu simplesmente vou contar com a colaboração de vocês em acreditar que eu realmente não tive como me dedicar ao blog e como gosto de fazer as coisas direito, resolvi esperar minhas tão tão tão esperadas férias para tal! Enfim, cá estou eu, que tal falar de coisa boa? Não é de se assustar que eu esteja um pouco muito enferrujada... A criatividade ainda não está como nós desejaríamos, então o assunto de hoje é bem feijão com arroz, porém muitíssimooo importante! A composição de uma debutante vai muito mais além de escolher um vestido bonito que harmonize com o tom da pele. É ainda mais do que escolher um make powerful que valorize as feições e te deixe brilhando mais do que todas. Mas a cereja do bolo é justamente o penteado a ser escolhido, como o cabelo vai ser produzido, se vai ser preso, com o que vai ser preso, quais acessórios escolher, se é necessário cortá-lo antes... Muitos e muitos detalhes, não? Para isso eu escolhi 5 referências de penteados que estão em alta, com certeza, te deixará impecável!

#Sidecut
Sidecut é como está sendo chamado o corte do momento entre as celebridades. Como está sendo destaque, algumas debutantes estão tendendo ao estilo, que por si só já chama muita atenção! O modelo que foge do casual é possível de ser feito em cabelos mais curtos ou mais compridos, além de trazer um movimento diferente às medeixas.

 #VolumeNoTopo
Os penteados com volume no topo da cabeça ajudam a alongar rostos arredondados, além de dar um toque final para uma montagem que esteja muito comunal. Nesse cabelo semipreso, você pode adaptar o volume conforme a grossura da sua face, fazendo uso ou não de um aplique para dar um up na produção. 

#TrançaNoCabeloSolto
A gente sabe que a trança por si só é muito bonita. Assim como um cabelo solto, mas bem modelado, também. Porém, a junção dos dois em um look só é tudo-que-você-precisa-para-arrasar. Isso porque você pode adaptar para qualquer que seja o corte do seu cabelo, se é curto ou longo, repicado ou não, além de poder dosar o aparecimento da trança, desde que ela seja a protagonista do corte, ou até mesmo um pequeno detalhe.

#RaboDeCavalo
Não, não é o que você está pensando. Não é só pegar um elástico de cabelo e pa pum. Eu to falando de um penteado suuuuper em alta, simples e muito confortável. Estes rabos de cavalo contam com o próprio cabelo para fazer o nó, ou fazem uso de acessórios delicados na hora de prender o cabelo, eles podem ou não deixar a região da nuca livre, e favorecem mais as medeixas médias ou compridas.

#CoqueElaborado
Já falei de coque aqui no blog, você mesma pode visualizar clicando aqui, mas o coque que vou falar agora é um pouco mais ousado, pois normalmente busca ter algum formato ou fugir daquele coque perfeitamente preso sem um fio se quer saindo fora. Ele é bom justamente por isso, pois seu jeito amaranhado e bagunçado dá um toque especial e moderno à produção. 

Amores, por hoje é só! Tentei dar o máximo que eu pude e prometo voltar aqui o mais logo possível! Espero que vocês usem as tendências, tenho certeza que ficarão lindas lindas lindas... Me sinto muito bem voltando aqui, o blog é sempre um ótimo cantinho para relaxar! Beijooooos 

27 de nov de 2013

A festa grega da Dina Steagall


Olá meus amores, como vão vocês? Há uns meses eu havia começado um quadro aqui no blog que se chama ‘‘A festa’’ e retrataria festas reais, cujas debutantes que quisessem se expor aqui, poderiam compartilhar conosco as fotos e os detalhes da grande noite! Feito e dito, o post bombou e inclusive é o primeiro colocado dos ‘‘posts mais procurados’’ do blog. Devido tal repercussão, resolvi trazer de novo uma mega festa que eu fui em março desse ano, de uma amigona minha, chamada Dina Steagall. A festa contava com tudo do mais lindo e do melhor, digna de uma menina com ótimo gosto e muita criatividade. Tamanha grandiosidade, o evento comportou cerca de 600 convidados, já deu pra imaginar um pouquinho o nível da comemoração né?
Dia 23 de março de 2013 foi O dia tanto para os convidados, como para a debutante Dina Steagall e sua família. A festa que foi organizada durante 1 ano, finalmente chegara, surpreendendo a todos que pisavam na entrada do grande corredor iluminado do Buffet Jockey Clube de São Paulo. Por ser de uma família descendente de gregos, o tema da comemoração não poderia ser outro senão ‘‘Grécia’’. Desde os docinhos, até a cerimônia, tudo contava com um pouco desse país característico, tornando o evento ainda mais diferenciado!

Para a decoração, os tons escolhidos foram azul, rosa e branco, aplicados em flores de diversos tipos, compondo uma decoração sofisticada e, sobretudo, harmoniosa. Os vasos das mesas dos convidados eram de grande porte, compostos, principalmente, por rosas. Para o ambiente externo, um varal de folhagens verdes e velas foi suspenso acima de sofás e lounges, abrigando os adolescentes. Já a mesa de doces poderia ser considerada um jardim de doces, com vasos e flores variados entre si. O bolo, que retratava uma ilha grega, contava com 4 andares e muito detalhes, o mais chamativo era a família dela em cima segurando as velinhas.
Os trajes escolhidos para a grande noite foram confeccionados exclusivamente nas medidas e de acordo com o gosto da Dina. Para a entrada, ela optou por um rosa longo de um ombro só com fenda lateral, bordado com pedras brilhantes. Já para a cerimônia, o tradicional tomara que cai branco, com tule francesa bordado a mão, foi a sensação. Para ambos os modelos, o penteado se resumiu no cabelo com a franja presa e cachos na ponta, além de uma maquiagem suave, complementando o visual. Para as 16 meninas (sim, 16), se escolheram um longo e charmoso azul com uma risca de pedras para marcar a cintura.
Para o jantar, várias ilhas de diversas comidas foram espalhadas pelo salão, buffets de massas, carnes, fast food, comidas japonesa e mexicana. Tudo isso acompanhado de um serviço de bartender de ótima qualidade, em que drinks alcoólicos e não alcoólicos foram inclusos. Sem contar a sobremesa, além do bolo, muitos docinhos de todos os sabores possíveis foram distribuídos, e o melhor: à la decoração grega.
O momento mais lindo da festa contou com mais um grande diferencial. A entrada triunfal de Dina, que seguia em um corredor extenso até o centro do salão, antecedeu a dança com seu pai, irmão e avô, juntamente aos 16 casais. Depois disso, Dina, acompanhada de seu avô, fez uma dança grega, o famoso kalamatiano, enquanto os convidados se divertiam com a animação. Logo depois, a tradicional quebra de pratos grega aconteceu e todos convidados foram incluídos. Uma pilha de pratos de porcelana foi disposta e cada um poderia atirar o prato no centro da pista, a exaltação simboliza a alegria, e é uma forma de se livrar do peso dos bens materiais.
Assim que a cerimônia foi encerrada, um dj mega-bem-conceituado soltou o som e fez o Jockey Clube inteiro pular. Com muitas luzes, gente, atrações e músicas que iam desde anos 80 até sertanejo universitário, a festa foi fechada com chave de ouro. Para as lembrancinhas, chinelos havaianas e almofadas customizados, além de doces embalados em caixinhas foram distribuídos, por cerca das 5h da manhã, quando a festa começou a esvaziar. Os convidados ainda puderam deixar um recado para Dina e sua família, em um livro de assinaturas, repleto de fotos pousadas da debutante.
Na foto do meio à direita, eu sou a menina à esquerda abraçando a Dina! 
Bom gente, essa foi A festa da Dina Steagall! Fica até difícil passar pra vocês o quão incrível foi essa festa, mas como convidada dou minha palavra, foi incrível. Cada detalhe, cada emoção, tudo foi de tirar o fôlego. O mais legal é ter acompanhado tudo isso de perto e ver no rosto dela, a realização estampada. Porque, por trás de todo estresse que é organizar uma festa, por trás de todo o luxo que um evento desse porte pode trazer, existe uma coisa muito mais tocante. A única coisa que leva alguém a ir atrás de tudo isso é uma motivação. E é por principalmente esse motivo que eu trouxe essa festa aqui pro blog, pra mostrar pra vocês o quão único é ir atrás de um sonho, e essa festa não foi nada, além disso. Espero que vocês tenham gostado, estou no aguardo dos comentários! Um beijo a todas sonhadoras!